Capitalismo funciona? Refinaria privatizada pega fogo no Rio de Janeiro

manguinhosfogo

Da redação – Um incêndio de grandes proporções atingiu hoje a Refinaria de Manguinhos, no Rio de Janeiro. O fogo começou por volta das 13h30, ainda não se sabe como. O desastre obrigou a prefeitura a restringir a circulação de carros. Não há informações sobre vítimas, enquanto os bombeiros tentam evitar que o fogo se espalhe, em um local cheio de combustível inflamável. Uma enorme fumaça preta podia ser vista de diversos pontos da cidade.

Esse cenário de guerra no Rio de Janeiro não é acidental. É consequência de uma política de direita: a privatização de tudo. Em 1998, quando o Congresso aprovou o fim do monopólio da Petrobrás durante o governo FHC, a argentina YPF comprou 50% da refinaria. Posteriormente, a imperialista espanhola Repsol compraria a YPF e ficaria com o controle de Manguinhos, até que em 2008 o grupo Andrade Magro comprou todas as ações da refinaria.

Atualmente, Manguinhos opera sob recuperação judicial. A iniciativa privada faliu a refinaria, que agora está pegando fogo, correndo o risco de explodir e espalhando fumaça sobre toda a cidade. Assim, a política neoliberal tem consequência parecidas com as de um desastre natural ou um ataque a bomba. É uma política de direita que destrói os países atrasados em proveito de meia dúzia de especuladores. Essa é a política que o golpista Bolsonaro pretende aprofundar, e por isso os trabalhadores devem se mobilizar para derrotá-lo e impedi-lo.