Eleições Municipais – Salvador
Olívia Santana, candidata do PCdoB, defende aliança com setores ligados ao agronegócio e da base de Bolsonaro
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Olívia Santana (PC do B)
Foto: Flickr/Manuela D Ávila Licença: CC-BY 2.0
Olívia Santana (PC do B) | Foto: Flickr/Manuela D Ávila Licença: CC-BY 2.0

Na noite desta quarta-feira (4/11), foi realizado o último debate entre candidatos a prefeito de Salvador. O candidato do PCO, companheiro Rodrigo Pereira denunciou a aliança de diversos candidatos da esquerda com elementos bolsonaristas, a exemplo do representante do agronegócio e da grilagem, João Leão, do Progressistas (antigo PP).

Olívia Santana, candidata do PCdoB, que se diz de oposição ao presidente fascista Jair Bolsonaro, afirmou que defende o apodrecido pacto federativo, ou seja, que está disposta, sob o falacioso pretexto de “buscar verbas parlamentares” para Salvador, a fazer alianças com tudo e todos.

Foi então que Rodrigo Pereira denunciou que o vice da chapa de Olívia é do PP, um partido extremamente fascista e com elementos ligados ao agronegócio, a grilagem de terras e o trabalho escravo no interior do estado. O partido tem sua origem na antiga ARENA, partido que sustentou a ditadura militar de 1964, foi a casa de Jair Bolsonaro por muitos anos, tendo o presidente golpista participado do partido por 11 anos, e tendo sido membro de agremiações que se fundiram para formar o PP, por mais 11. É também o partido de Paulo Maluf, o antigo líder da extrema-direita da ARENA.

Em momento posterior, companheiro Rodrigo tornou a indagar a candidata do PCdoB sobre sua aliança com o golpista PP. Trata-se de uma contradição dizer que é contra Bolsonaro e aliar-se a um grupo reconhecidamente fascista e que votou em diversas reformas contra os trabalhadores, como as reformas da previdência e trabalhista. Rodrigo ainda foi mais enfático, denunciando também a “vista grossa” feita pelo governador Rui Costa (PT) sobre as atividades de grilagem as quais João Leão apoia.

A candidata do PCdoB, Olívia Santana, se mostrou uma completa traidora da classe trabalhadora, do movimento negro e da própria esquerda, ao agradecer o apoio da direita à sua candidatura. Isto mostra que a candidata, em busca de votos, está disposta a “marchar ao lado” dos maiores responsável pelas chacinas no campo contra os trabalhadores rurais. Como justificativa, ela quis usar as alianças de Lula, enquanto presidente com elementos da direita, como o próprio PP.

O candidato do PCO lembrou as alianças que Lula fez só o enfraqueceram, criando ambiente para o golpe de 2016 e sua prisão ilegal, que o impediu de concorrer nas fradulentas eleições de 2018. Companheiro Rodrigo advertiu Olívia que a aliança com setores ligados a direita e ao imperialismo só criarão um ambiente para um novo golpe.

Assim como o restante da esquerda pequeno-burguesa, elementos do PCdoB de Salvador acreditam que poderão conviver harmonicamente com elementos da direita e implementar seus projetos. Pois, isto é um engano pueril, a exemplo do golpe sofrido pelo PT e pelas políticas, cada dia mais, direitistas do governador Rui Costa.

Portanto, a frente ampla não passa de um erro grotesco cometido pela esquerda, que ao invés de se unificar com um programa ligado aos trabalhadores, prefere negociações escusas com os setores direitistas mais reacionários, a fim de ganhar o poder. O que não entendem é que gente como João Leão e o PP são odiados pela população, que sabe muito bem que estes direitistas são seus inimigos de classe. Deste modo, a direita usa a esquerda para infiltrar os seus elementos em governos de esquerda, buscando tanto sabotar a esquerda quanto usarem a imagem da mesma para se reerguerem eleitoralmente.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas