Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
assembleia-de-SP correios
|

Tanto os trabalhadores dos Correios quanto os trabalhadores petroleiros estão enfrentando os ataques do governo golpista e ilegítimo de Jair Bolsonaro nas suas campanhas salariais.

A categoria dos trabalhadores dos Correios, que tem como data-base para as negociações salariais o dia 1° de agosto, já rejeitou com repúdio em suas assembleias as intenções maléficas dos golpistas de retirarem direitos dos trabalhadores no seu acordo coletivo, visando a privatização.

Os trabalhadores petroleiros, que também estão em campanha salarial, e tem como data base o dia 1° de setembro, também já rejeitaram as intenções dos golpistas desse governo ilegítimo de rebaixar os seus salários, pois ofereceram um reajuste, abaixo da inflação, de apenas 1%.

Além dos ataques aos salários e seus direitos, as categorias dos trabalhadores dos Correios e dos Petroleiros estão enfrentando a ameaça da privatização das empresas em que trabalham, o que significa a destruição das empresas e, por consequência, a demissão de milhares de trabalhadores.

Nesse sentido, apenas a luta parcial desses trabalhadores contra esses ataques não será suficiente para barrar as pretensões privatizantes do governo golpista de Jair Bolsonaro. É preciso o engajamento dessas categorias em uma luta conjunta contra o próprio governo fraudulento de Bolsonaro, através da palavra de ordem de Fora Bolsonaro e todos os golpistas, o que, no caso dos trabalhadores dos Correios, essa proposta até já foi aprovada nos seus fóruns nacionais, como o último Conrep (Conselho de Representantes).

Somente a luta contra esse governo golpista, que só foi eleito através da fraude, por ter prendido sem provas e de forma criminosa o ex-presidente Lula,  pode impedir a destruição da ECT, por isso, junto com o Fora Bolsonaro é preciso exigir a Liberdade de Lula e novas eleições.

 

 

 

 

 

 

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas