A campanha da imprensa é para justificar uma invasão na Venezuela

Confira o trecho da Análise Política da Semana com o companheiro Rui Costa Pimenta. Neste trecho, Rui analisa a iminente intervenção militar do imperialismo e a consequência para a esquerda latino-americana caso o imperialismo seja vitorioso nisso.

“Nós temos três acontecimentos de grande importância se desenvolvendo ao mesmo tempo. Nós vamos procurar analisar cada um deles e mostrar a relação entre eles bem como procurar definir qual deve ser nossa política em relação a esses eventos. O primeiro deles é a questão da Venezuela. Com toda a crise brasileira, intervenção no Rio de Janeiro e tudo mais, a questão da Venezuela caiu para segundo plano no que diz respeito à cobertura da imprensa e da impressão de que não está acontecendo nada, mas na realidade há uma intensa campanha imperialista que é ecoada pela imprensa burguesa nacional o que natural porque a imprensa burguesa no que diz respeito às questões nacionais e internacionais, é nada mais do que um eco da imprensa imperialista internacional de que a Venezuela está em estado de calamidade pública que é necessário fazer alguma coisa, a população que está morrendo.

Na questão da Venezuela, alguns jornais procuram mostrar que mais de 80 da população organizada está morrendo de fome, evidentemente que essas “notícias” estão mostrando que há uma intensa preparação para uma intervenção do imperialismo na Venezuela. Não está absolutamente claro como é que se daria essa intervenção. Se eles vão montar um exército pseudo-venezuelano, de guerrilheiros que vão começar uma guerrilha seja do lado da Colômbia seja do lado do brasil. Se vai haver intervenção militar direta dos norte-americanos mas é evidente que nós estamos na iminência que alguma coisa dessa natureza aconteça.

Essa é uma questão da maior importância porque mostra o aprofundamento da intervenção do imperialismo na América latina. Se nós queremos analisar a situação política nacional, nós temos que ver também como evolui a situação polí­tica internacional.

Muita gente ao olhar os acontecimentos brasileiros procura estabelecer uma análise otimista da situação baseado em conversas de bastidores no STF, no congresso nacional entre esses setores e tudo mais mas não olha os fatos da evolução da situação política mundial que são muito mais importantes do que qualquer tipo de conversa de fofoca, etc e tal. Logicamente que as pessoas que fazem esse tipo de análise pressupõem que os acontecimentos políticos são aleatórios, dependem de tal figura, tal outra figura, que um cidadão faz uma manobra A, B C ou D e, portanto, é isso que determina a situação. Quando é totalmente absurdo esse modo de encarar a situação.

A intervenção na Venezuela em preparação acelerada é uma demonstração muito clara da polí­tica imperialista geral. O imperialismo não quer saber de governos que se oponham nem minimamente a sua política na América latina. De um modo geral no mundo mas na América latina que é muito mais controlada, é muito mais controlada diretamente pelo imperialismo norte-americano e outros imperialismos. Eles não querem saber de nenhum tipo de governo que escape do controle

A intervenção na Venezuela mostra isso assim como aconteceu recentemente no Equador, também está demonstrando essa mesma situação. Isso é muito importante primeiro porque se a Venezuela for derrotada através de uma intervenção imperialista, isso aí é uma catástrofe para toda a esquerda latino-americana. Uma vitória do imperialismo, ainda mais pela força na Venezuela, teria o poder de aprofunda

r o ní­vel de pressão imperialista sobre todos os paí­ses da América latina uma vez que você consiga subjugar pelas armas, você está indicando que há condições de fazer o mesmo em todos os outros paí­ses se houver uma revolta, ou houver uma oposição, algum movimento de confronto com o imperialismo em qualquer país da América latina.

A campanha contra a intervenção imperialista na Venezuela tem que ser colocada nesse sentido em primeiro lugar juntamente com outras questões porque é uma questão decisiva.”

Esse trecho faz parte do programa Análise Política Semana, programa de maior audiência da COTV. O programa acontece todos os sábados a partir das 11h30 no Centro Cultural Benjamin Péret (CCBP) na rua Serranos, 90 próximo ao metrô Saúde de São Paulo. Para quem não mora na cidade, pode assistir pela internet pelo canal Causa Operária TV no Youtube.

Contribua com a COTV em sua luta por uma TV com programação 24 horas que combata o monopólio da imprensa golpista e capitalista com quanto quiser e o quanto puder pelo link: https://www.vakinha.com.br/vaquinha/contribua-com-a-causa-operaria-tv-fevereiro