Bolsonaristas pedem reabertura
Grupo de caminhoneiros apoiadores de Bolsonaro fazem protesto pedindo “volta ao trabalho”
caminhoneiros-paulista-2
Bolsonanistas na Av. Paulista. Imagem: FÁBIO VIEIRA/ESTADÃO |
caminhoneiros-paulista-2
Bolsonanistas na Av. Paulista. Imagem: FÁBIO VIEIRA/ESTADÃO |

Da redação – Um grupo de caminhoneiros, apoiadores de Jair Bolsonaro, e contra a quarentena recrudescida pelo governo de São Paulo, fechou uma das vias da Av. Paulista, na tarde desta segunda (11).

O grupo, que estampava bandeiras do Brasil, se dizia contrário ao fechamento do comércio, de certas atividades econômicas e principalmente, o aumento dessas medidas pelo prefeito Bruno Covas e pelo governador João Dória. Em virtude disso, alegavam os caminhoneiros, que pediam o impeachment de Dórias.

O protesto, além dos caminhões teve uma carreata, culminando com a parada dos veículos na via. Chama a atenção, contudo, a postura da Polícia Militar que, convocada rapidamente pela prefeitura, debateu calmamente com os manifestantes o que acabou permitindo a realização do ato cfe planejado. Mesmo quando os manifestantes decidiram sentar na pista, os PMs aguardaram e conversaram tranquilamente com os bolsonaristas.

A postura é, claramente, o oposto do tratamento dispensado aos trabalhadores quando se manifestam contra os governos direitistas contra cortes de salários, desemprego, fim de programas sociais, cortes de verbas pra escolas e universidades, por exemplo, situações que são atacados com extrema violência, muitas vezes nem permitindo que se chegue ao local dos atos.

 

Foto Felipe Pereira – UOL

Relacionadas
Send this to a friend