Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit

Com o avanço do golpe, fica cada vez mais evidente que, assim como a tomada ao poder, cada ato cometido pela corja de golpistas é retrogrado e antidemocrático. Aliás eles, tão “defensores da democracia”, são aqueles que mais intensificam medidas que atendem exclusivamente aos interesses da burguesia, retirando direitos da população, com suas amplas políticas corruptas.

Um exemplo de medida retrograda é o que foi proposto pelo golpista Mendonça Filho (DEM): impedir a realização da disciplina “O golpe de 2016 e o futuro da democracia no Brasil”, que será ofertada pelo curso de graduação em Ciência Política na Universidade de Brasília (UNB) e ministrada pelo professor Luis Felipe Miguel a partir do dia 5 de março quando inicia-se o período letivo.

Dentre a ementa do curso, encontra-se a proposta de compreensão dos elementos de fragilidade do sistema político brasileiro, através de uma sequência cronológica, iniciando os estudos no golpe de 1964 até o momento caótico atual.

Para o ministro da educação Mendonça Filho, assim como seu partido, medidas esdrúxulas como a censura são comuns e aplicadas sem constrangimento, visto que o Democratas (DEM) descende da antiga ARENA da ditadura de 1964.

O ataque as atividades promovidas pela Universidade, contrariando a autonomia universitária (que foi uma conquista nascida na Idade Média e que pode ser entendida como uma forma de proteção acadêmica e científica da ingerência do governo), é uma forma de reprimir a liberdade de ensino e expressão. Mais uma vez a burguesia quer calar a todos aqueles que resistem e mostram oposição ao governo ilegítimo e a todos os avanços do golpe, conjunto ao avanço do golpe militar.

Este é apenas o começo de uma sequência de amplas medidas fascistas e de repressão, que objetivam silenciar a todos aqueles que apresentam resistência e lutam contra o golpe. Porém não se pode intimidar. É preciso lutar contra o sistema capitalista, sua corja de fascistas espalhada pelo governo ilegítimo e contra o golpe.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas