Menu da Rede

Direita nos atos, uma manobra para eleger João Doria

Derrotar o golpe nas ruas!

Burguesia avisa: pior momento de Bolsonaro é agora

É preciso aproveitar o momento de fragilidade do regime direitista como um todo e apostar na intensificação das mobilizações do povo nas ruas contra a direita

Bolsonaro e Pazuello em recente ato bolsonarista – Foto: Reprodução

Os jornais burgueses têm indicado que o governo Bolsonaro estaria em seu pior momento. O momento de fato é bastante delicado não só para Bolsonaro mas para o regime golpista como um todo. A direita tradicional que por não ter uma opção eleitoral própria capaz de concorrer com o PT, levou a extrema-direita ao poder e desde então tenta controlar Bolsonaro e encontrar uma opção tanto a Bolsonaro como a Lula em 2022.

A pandemia tem sido o grande motor da crise do regime que através da demagogia tenta enfraquecer Bolsonaro eleitoralmente com as campanhas fraude do “fique em casa” enquanto joga os trabalhadores na linha de frente do vírus desde o início da pandemia e da vacinação de faz de conta encapada por Doria e PSDB e não pretende vacinar o povo, mas chantagear Bolsonaro, que seria contra o lockdown e a vacina.

Fato é que há mais de um ano de pandemia a situação se agrava cada vez mais com quase meio milhão de mortes, milhões no desemprego e na fome; enquanto isso o “fique em casa” e a vacinação da direita se mostram cada vez mais uma fraude contra a população. A solução, como ficou bastante evidente com as mobilizações de 1º e 29 de maio, não partirá nem de Bolsonaro e muito menos da burguesia.

No entanto com a proximidade das eleições de 2022 os setores da direita vão se movimentar para ganhar terreno, é o que Bolsonaro está fazendo. Enquanto a direita tradicional tenta chantagear Bolsonaro e manipular a opinião pública como se algo estivesse sendo feito, Bolsonaro já toma medidas para desbancar estas iniciativas, como a compra de vacinas da Pfizer e a política contrária ao fechamento do comércio.

Enquanto a burguesia insiste no lockdown e na vacina que não existe, puxando para esta política inclusive setores confusos da esquerda; o bolsonarismo pode surgir depois de todo o genocídio dos trabalhadores causado pelo governo Bolsonaro e pela própria burguesia, como o “salvador” do Brasil na pandemia em uma estratégia puramente eleitoral.

Estipula-se que com as vacinas compradas pelo governo Bolsonaro até o final do ano boa parte da população adulta estaria vacinada, o que a burguesia em mais de seis meses não fez porque sua vacinação é uma farsa. É esperada para o próximo período uma terceira onda da pandemia. A política da direita, como vem sendo até agora será de intensificar as medidas de lockdown levando a mais desempregos e fechamento de pequenos negócio, enquanto Bolsonaro que é contra o lockdown, aparecerá com a vacina se colocando como uma opção eleitoral mais forte que a direita tradicional.

É preciso aproveitar o momento de fragilidade do regime direitista como um todo e apostar na intensificação das mobilizações do povo nas ruas contra a direita pelo Fora Bolsonaro, Lula candidato, vacinação para todos e auxílio emergencial como políticas concretas para a classe trabalhadora, e não como estratégias eleitorais para fortalecer os inimigos do povo, seja Bolsonaro ou qualquer direitista que serve aos interesses da burguesia.

Todos às ruas já para continuar as vitoriosas mobilizações do 1º de maio e do último dia 29, para fortalecer os movimentos populares e a organização dos trabalhadores que é o único caminho genuíno para atender aos interesses e necessidades do povo.

A você que chegou até aqui,

agradecemos muito por depositar sua confiança no nosso jornalismo e aproveitamos para fazer um pequeno pedido.

O Diário Causa Operária atravessa um momento decisivo para o seu futuro. Vivemos tempos interessantes. Tempos de crise do capitalismo, de acirramento da luta de classes, de polarização política e social. Tempos de pandemia e de política genocida. Tempos de golpe de Estado e de rebelião popular. Tempos em que o fascismo levanta a cabeça e a esquerda revolucionária se desenvolve a olhos vistos. Não é exagero dizer que estamos na antessala de uma luta aberta entre a revolução e a contrarrevolução. 

A burguesia já pressentiu o perigo. As revoltas populares no Equador, na Bolívia e na Colômbia mostraram para onde o continente caminha. Além da repressão pura e simples, uma das armas fundamentais dos grandes capitalistas na luta contra os operários e o povo é a desinformação, a confusão, a falsificação e manipulação dos fatos, quando não a mentira nua e crua. Neste exato momento mesmo, a burguesia se esforça para confundir o panorama diante do início das mobilizações de rua contra Bolsonaro e todos os golpistas. Seus esforços se dirigem a apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe, substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular. O Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra a burguesia, sua política e suas manobras. 

Diferentemente de outros portais, mesmo os progressistas, você não verá anúncios pagos aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos de maneira intransigente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Trabalhamos dia e noite para que o DCO cresça, se desenvolva e seja lido pelas amplas massas da população. A independência em relação à burguesia é condição para o sucesso desta empreitada. Mas o apoio financeiro daqueles que entendem a necessidade de uma imprensa vermelha, revolucionária e operária, também o é.  

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com valores a partir R$ 20,00. Obrigado.

SitesPrincipais
24h a serviço dos trabalhadores
O jornal da classe operária
Sites Especiais
Blogues
Movimentos
Acabar com a escravidão de fato, não só em palavras
Cultura

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.