Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
oxford
João Pedro Feitosa | Foto: Reprodução/Redes sociais

Um jovem brasileiro, inscrito no programa de voluntários para testar a vacina que está sendo desenvolvida pela Universidade de Oxford, na Inglaterra, veio a óbito nesta semana. A Agência Nacional de Vigilância Sanitária do Brasil (Anvisa) informou ter sido notificada da morte em 19 de outubro.

A vacina de Oxford vem sendo promovida pelo imperialismo para tentar abafar o verdadeiro fracasso dos grandes monopólios em combater o coronavírus. Várias falhas já foram apontadas na vacina, mas ela segue sendo financiada em todo mundo por causa do compromisso dos governos capachos do imperialismo, como o governo Bolsonaro, em promovê-la. Enquanto isso, países como China, Rússia e Cuba avançam em seus testes para uma nova vacina.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas