Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit

Brasileiro faz história e é finalista no Circuito Mundial de Tênis de Mesa realizado no Aberto do Catar. O brasileiro Hugo Calderano bateu na semifinal o chinês Lin Gaoyuan, número 4 do mundo, por 4 sets a 0, parciais de 11-9, 11-8, 11-4 e 11-6.

O brasileiro que já havia vencido o atual número 1 do mundo na última sexta-feira, o alemão Timo Boll, pelas oitavas do Aberto do Qatar. Com resultado, tenista vai à Final e enfrentará chinês Fan Zhendong, número 2 do mundo.

O tênis de Mesa assim como o Futebol é originário da Inglaterra, no entanto, assim como no futebol não foram os britânicos que se tornaram escola para essa prática e sim os chineses, que há décadas são considerados os melhores do mundo.

Para se ter uma ideia da superioridade chinesa no esporte que é a potência olímpica desde a inclusão do tênis de mesa nos Jogos, em 1988. Foram 53 medalhas, sendo 28 de ouro em 32 possíveis. A Coreia do Sul vem atrás, bem atrás, com três ouros, três pratas e 12 bronzes.

O tênis de mesa popularmente conhecido no Brasil por ping-pong, foi trazido ao país por turistas ingleses que em 1905, começaram a implantá-lo em São Paulo. No entanto, quem impulsionou a prática deste esporte no país foi o estado do Rio de Janeiro, onde em 1924, já se praticava o desporto no Clube de Regatas Vasco da Gama.

O feito do mesatenista Hugo Calderano já é histórico, pois vencer o número 1 e vencer as máquinas chinesas não é para qualquer um.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas