Fora Bolsonaro! Às ruas!
“Estamos vendo a ponta de um grande iceberg”, diz Roberto Medronho, da UFRJ
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
brasil
Ricardo Moraes-17.mar.2020/Reuters |

Da redação – Uma estimativa do Centro para Modelagem Matemática de Doenças Infecciosas da London School of Tropical Medicine, do Reino Unido, realizou uma estimativa da subnotificação da covid-19 em vários países, e no Brasil, há hoje mais de 17 mil casos do novo coronavírus. O número é onze vezes mais do que os 1.546 registrados oficialmente. 

O levantamento que mostra que no Brasil apenas 11% do total de casos foram diagnosticados, demonstra que a grande maioria (cerca de 80%) dos casos da infecção pelo novo coronavírus, seria assintomática ou apresenta sintomas muito leves e acaba não sendo diagnosticada. 

Porém, como estes órgãos não tratam da luta de classes, não está em sua equação numérica o fator fundamental: a burguesia não fez, e não fará, testes nos brasileiros. O que precisa ser dito em alto e bom som é que a burguesia brasileira está negligenciando totalmente o povo e levará a um massacre da população. 

O fato de que nossa saúde é completamente precária, somado a política de privatização dos golpistas nos últimos anos, evidencia que nada será feito de efetivo. Há inúmeros casos de pacientes que foram aos hospitais espalhados pelo território nacional e não tiveram testes realizados. A desculpa, a mesma de cem anos dentro da medicina burguesa: é apenas um resfriado!

Atualmente, no Brasil, apenas os casos mais graves, que chegam aos hospitais são testados e estão recebendo o diagnóstico oficial. Para explicar melhor: ou você chega quase morrendo, ou está com frescura!

É preciso de uma política efetiva que coloque esse sistema abaixo pelas mãos do povo, antes que toda população sofra muito mais do que vem sofrendo nas mãos desses assassinos!

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas