Governo Bolsonaro
A denominada “Operação Amazônica” do Exército Brasileiro aponta para uma preparação de conflito militar do Brasil com a Venezuela, sob ordens dos Estados Unidos.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
article
Deslocamento de tropas do Exército Brasileiro pela Operação Amazônia. | Centro de Comunicação Social do Exército.

O Exército Brasileiro realizou exercícios militares na região amazônica. A “Operação Amazônica” envolveu cerca de 3.600 militares e significou um investimento total de R$ 6 milhões em combustível, horas de vôo e deslocamento de tropas, conforme divulgado pelo Exército. As cidades de Manacapuru, Moura e Novo Airão foram envolvidas na simulação, que aconteceu entre os dias 8 e 22 de setembro.

As manobras militares simulam um cenário de guerra entre dois países amazônicos, provavelmente trata-se de um ensaio de conflito militar entre Brasil e Venezuela. Há poucos meses, autoridades do governo norte-americanos estiveram presentes em Roraima e salientaram a necessidade de tratar de forma dura o governo venezuelano. O governo do presidente Jair Bolsonaro (ex-PSL, sem partido) é alinhado com a política externa americana.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas