Dia da enfermagem
O número de profissionais de saúde mortos no Brasil supera o dos EUA, Espanha e Itália.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
manifestação profissionais saúde andaraí
Manifestação de profissionais da saúde no Rio de Janeiro. |

Da redação – Hoje (12), se comemora o dia da enfermagem. Porém, no Brasil não há muito o que se celebrar. Em meio à crise do coronavírus, o país apresenta a maior taxa mundial de mortes dos profissionais da saúde. São cerca de 12 mil enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem que estão infectados com coronavírus ou apresentam suspeitas de estarem infectados. O número de mortos é 94. Isso, se não levarmos em conta a subnotificação que pode existir nessa contagem também.

O número de profissionais da saúde mortos por coronavírus no Brasil supera o dos Estados Unidos, Espanha e Itália. O país concentra 38% das mortes destes trabalhadores em todo o mundo.

A categoria ainda luta por direitos elementares de sua profissão, como jornada de 30 horas semanais, a fim de suportar o stress e sobrecarga emocional de sua função. Além disso, há a luta por salários dignos – o mau pagamento faz com que profissionais tenham que trabalhar em 2 ou 3 instituições ao mesmo tempo. Isso sem falar na ausência de EPIs, o que coloca todos em risco diante da contaminação pelo coronavírus.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas