Siga o DCO nas redes sociais

Resultado do golpe
Brasil atinge novo recorde de trabalhadores sem carteira assinada
O golpe deixou os trabalhadores na corda bamba: sem emprego e sem direitos trabalhistas.
Trabalho-Informal
Resultado do golpe
Brasil atinge novo recorde de trabalhadores sem carteira assinada
O golpe deixou os trabalhadores na corda bamba: sem emprego e sem direitos trabalhistas.
Com o golpe aumenta a informalidade no trabalho.
Trabalho-Informal
Com o golpe aumenta a informalidade no trabalho.

Da redação – A taxa de desemprego no Brasil fechou em 11,8% no final do trimestre encerrado em agosto. Com isso, quase 13 milhões de trabalhadores estão sendo afetados, segundo dados divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

A taxa se mantém igual à de julho. Porém, o número de trabalhadores por conta própria e sem carteira assinada atingiu um novo recorde, afirma pesquisa iniciada em 2012. Esta categoria chegou a mais de 24 milhões de pessoas no trimestre encerrado em agosto – um alta de 4,7% em relação ao mesmo período de 2018.

Além disso, o número de empregados sem carteira assinada também atingiu um recorde, atingindo 11,8 milhões de pessoas – um crescimento anual de 5,9%.

Já o trabalho informal atingiu 41,4% da população ocupada, a maior proporção desde 2016. Dentre os trabalhadores informais estão os funcionários sem carteira assinada, os sem CNPJ e os sem remuneração. Segundo o IBGE, dos 684 mil novos ocupados na comparação com o trimestre encerrado em maio, 87,1% entraram por meio da informalidade.

Com isso, fica claro o resultado do golpe para a economia do país. Os trabalhadores estão ou sem emprego, ou trabalhando informalmente, sem direitos trabalhistas. Por isso, é preciso mobilizar para derrotar a direita no país. Apenas desta forma será possível acabar com o desemprego. Para tal, é preciso mobilizar pelo Fora Bolsonaro.