Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit

Denúncias de trabalhadores do Banco Bradesco em relação às condições de trabalho e de higiene nas agência do banco em uma cidade satélite de Brasília expõem ainda mais o caráter dos banqueiros.

Filas intermináveis, demora no atendimento, agências lotadas, ar refrigerado quebrado, essas são algumas das reclamações dos clientes da agência da Ceilância, cidade satélite de Brasília, da mesma forma que ocorre em todo o País. “É uma falta de respeito”, reclama o cliente João Nonato, “ a gente paga um absurdo de tarifa bancária para ter esse tipo de atendimento!?”, conclui.

Segundo declarações de um dos funcionários –  que prefere não se identificar devido as ameaças de demissões para aquele trabalhador que esboce qualquer tipo de reação – essa situação acontece em dias normais, quando é dia de pico, principalmente entre o final do mês e principio do mês subseqüente, quando acontecem os pagamentos das contas e de salários, a agência fica insuportável.

Além disso os funcionários reclamam as condições de trabalho que estão submetidos. O ar refrigerado não funciona, são péssimas as condições de higiene nos banheiros, falta material, são poucos caixa atendendo, o que ocasiona o aumento da tensão dos funcionários que são pressionados, tanto pelos clientes que passam horas para serem atendidos, quanto pelos chefes que exigem maior produtividade.

Não é por acaso que o levantamento realizado pela Secretaria de Saúde revela que na categoria o estresse atinge 65% dos bancários.

Para os banqueiros, verdadeiros parasitas da sociedade, o interessa é o lucro a todo o custo. O Bradesco recentemente diminuiu drasticamente o seu quadro funcional demitindo mais de 7 mil trabalhadores em todo o país, essa política tem levado ao aumento considerável da sobrecarga de trabalho para aqueles que permanecem trabalhando.

O golpe de estado, que teve como um dos seus maiores financiadores os banqueiros, veio para aprofunda a política de ataques aos trabalhadores em benefício desses comem e dormem.

É necessária dar uma resposta a todo os ataques dos capitalistas aos trabalhadores. Somente uma gigantesca mobilização dos bancários juntamente com outras categorias pode derrotar os banqueiros e os golpistas e barrar a ofensiva da direita contra os direitos e conquistas dos trabalhadores.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas