O caminho da derrota
A direita continua sua campanha em torno da candidatura de Guilherme Boulos para isolar a ala lulista do PT, calcanhar de Aquiles do golpe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Revista Veja
Matéria: Votação do Impeachment da presidente Dilma Rousseff, na Câmara dos Deputados.
Deputados comemoram a votação do Impeachment da presidente Dilma Rousseff
Foto: Cristiano Mariz
Data:17/04/2016
Local: Câmara dos Deputados - Congresso Nacional - Brasília DF
Lula e o PT são obstáculos para a direita avançar nos ataques aos trabalhadores | Imagem: reprodução

A golpista Folha de S.Paulo publicou uma matéria em que continua sua campanha impulsionando a candidatura do psolista Guilherme Boulos na capital paulista em detrimento do candidato petista Jilmar Tatto.

Como sempre, a matéria publicada pela golpista Folha de S.Paulo procura fazer intrigas dentro do Partido dos Trabalhadores em favor de Guilherme Boulos em matérias cujo conteúdo é extremamente duvidoso, assim como as pesquisas eleitorais realizadas pela própria Folha.

A Folha de S.Paulo afirma que a discussão entre dirigentes petistas caso Jilmar Tatto não alcance os dois dígitos nas pesquisas de intenção de votos até o final de outubro, o PT deve abandonar a candidatura e apoiar Guilherme Boulos.

Apesar de mais uma matéria para impulsionar Guilherme Boulos e atacar o PT da imprensa golpista, existe uma ala direita do PT que quer se aproximar do PSOL e de Guilherme Boulos, propagandistas da frente ampla com a direita, para isolar a ala ligada ao ex-presidente Lula. Numa clara manobra para se aliar a direita “civilizada” que não quer aliança com o PT ligado aos trabalhadores e movimentos sociais.

Outro ponto é de desconfiar da propaganda favorável realizada pela imprensa golpista a candidatura de Guilherme Boulos e do PSOL realizada pelos golpistas da Veja, Folha de S.Paulo, Estado de São Paulo, Vera Magalhães entre outros. É para chamar a atenção que um setor que compara Dilma e Lula ao fascista Jair Bolsonaro, participou do golpe em 2016, fez campanha pela prisão de Lula, apoiadores da Lava Jato e de todas as arbitrariedades do Juiz Sérgio Moro, fizeram propaganda de Jair Bolsonaro, agora faça uma campanha em favor da esquerda.

No momento de aprofundamento do golpe e de ofensiva da direita é preciso analisar a situação política para não contribuir, mesmo sem intenção, com o desenvolvimento da situação em favor dos golpistas.

A tentativa da direita em impulsionar Guilherme Boulos em São Paulo é de acabar com a candidatura do PT e mostrar uma “desmoralização” do partido no principal centro econômico do país e berço do PT. É evidente que dessa forma, a direita tenta esmagar a figura de Lula e do PT ligado aos trabalhadores para quebrar figuras importantes para a mobilização dos trabalhadores diante do golpe.

É preciso denunciar essa política que favorece a direita e prejudica a luta contra o golpe e a mobilização dos trabalhadores, que existe também dentro do próprio PT, para lutar pelo fora Bolsonaro e todos os golpistas e a unidade da esquerda em torno da candidatura de Lula em 2022 e a luta pela retomada de seus direitos políticos.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas