Boulos é ponte de ex-petitas para a direita

boulos chorão

A candidatura “abutre” de Guilherme Boulos do PSOL, para presidente da República, está abertamente sendo inflada pela imprensa golpista para que a candidatura de Lula seja esquecida por todos, principalmente por pessoas que se reivindicam de esquerda.

Nesta semana, a imprensa golpista fez questão de propagandear o lançamento da pré-candidatura de Guilherme Boulos do Psol, anunciando que personalidades que antes apoiava o PT, estaria assinando um manifesto em defesa da candidatura de Boulos.

Ex-petistas do meio cultural e político que estão contra o PT, apoiaram a candidata Marina Silva na última eleição, agora estariam apoiando Boulos, como o ator Wagner Moura, a empresária Paula Lavigna, Frei Beto etc vão assinar o manifesto.

O que mostra que a candidatura de Guilherme Boulos serve de fachada perfeita para que ex-petistas possam apoiar a direita, sem aparecer como direitistas, já que a candidatura de Boulos em nada modifica a situação atual do ponto de vista do enfrentamento do povo, das forças democráticas contra o golpismo no Brasil.

Pelo contrário, alimentar a candidatura de Boulos, ou qualquer outra candidatura com aparência de esquerda em um cenário de golpe de estado, com o principal candidato da esquerda preso, impedido de fazer campanha, e sendo o tempo todo colocado fora da eleição pela imprensa golpista, é alimentar a direita e sua política de realizar uma eleição fraudulenta que só terá um resultado anunciado, o de legalização do golpe através do voto.

Os apoios que o manifesto de Boulos está recebendo, é um apoio velado a prisão de Lula, a tentativa dos golpistas tirar Lula da eleição e usar candidatos artificiais como Boulos para legitimar o golpe e aprofundar os ataques ao conjunto da classe trabalhadora no país.

Somente a luta pela liberdade de Lula e sua candidatura a presidente do país pode fazer frente ao golpe e a mudanças significativas na situação política brasileira que garanta direitos a todo povo trabalhador no Brasil.