Bomba: De Niro e ex-presidente dos EUA recebem supostos artefatos explosivos

de niro

Da redação – Mais dois pacotes, supostamente, contendo artefatos explosivos foram enviados ao ex-vice-presidente dos EUA, Joe Biden, e ao ator Robert De Niro, tendo sido interceptados pela polícia nesta quinta-feira (25), em um posto dos correios em Delaware. Assim, somam-se 10 ameaças de bombas feitas contra políticos e apoiadores do Partido Democrata.

A polícia de Nova York foi acionada para investigar uma suspeita de bomba no restaurante que pertence à De Niro, quando um funcionário da Tribeca Productions – empresa de filmes e televisão do ator – suspeitou de um pacote recebido. Segundo a imprensa burguesa do país, esses pacotes são similares aos enviados à Hillary Clinton, aos estúdios CNN, Barack Obama e outras personalidades dentro do território.

Vale pontuar também, que a maioria dessas denúncias não trouxe provas do fato, fotos, vídeos, com todo o show Hollywoodiano que os mesmos costumam trazer em denúncias que interessam, o que deixa algumas dúvidas “no ar” sobre os interesses dessas ações. A extrema-direita do país, ligada ao candidato Donald Trump, tem características abertamente fascistas, racistas, o que pode significar mais campanha política – no formato estritamente terrorista, como os imperialistas gostam de chamar os do Oriente Médio.

As ações que a direita utiliza contra os países explorados em todo o globo, principalmente a burguesia imperialista, os banqueiros, os grandes capitalistas, acabam sendo uma arma frente à crise econômica e política do país. A extrema-direita vem avançando mundialmente para dentro das instituições, organizando manifestações, o que liga um sinal de alerta para esses supostos atentados políticos.