Em meio a pandemia o descaso
O presidente genocida Jair Bolsonaro vetou nesta quarta-feira (3) o uso de R$8,6 bilhões para o combate a doença, saldo remanescente do Fundo de Reservas Monetárias.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
(Brasília - DF, 15/05/2020) Presidente Jair Bolsonaro e a primeira dama durante Lançamento da Campanha de Conscientização e Enfrentamento à Violência Doméstica.Foto: Marcos Corrêa/PR
Em meio ao pico da pandemia, Bolsonaro veta recursos de combate a doença. | Foto: Marcos Corrêa/PR

O presidente genocida Jair Bolsonaro continua com suas políticas que prejudicam a vida dos trabalhadores em meio a pandemia do Coronavírus. Enquanto vários estados estão com hospitais com a capacidade de atendimento quase completa, o presidente vetou nesta quarta-feira (3) o uso de R$8,6 bilhões para o combate a doença, saldo remanescente do Fundo de Reservas Monetárias. O uso do dinheiro tinha sido aprovado em maio pelo Congresso Nacional durante análise de medida provisória  editada por Bolsonaro na qual extinguia o fundo.

Apesar de não se importar com crimes de responsabilidade em outras situações, o presidente alegou que o veto foi para evitar a quebra de regras orçamentárias e assim não cometer crime de responsabilidade. Além disso, o presidente ainda vetou trechos que destinavam a repartição do dinheiro entre estados e municípios para compra de materiais para a prevenção da pandemia. Agora, o dinheiro está sem destinação, enquanto vemos filas em hospitais por leitos de UTI, falta de profissionais para o funcionamento completo de hospitais de campanha, falta de equipamentos de segurança, de respiradores e de medicamentos. Enquanto a doença já mata mais de mil brasileiros por dia, o presidente continua brincando com a vida dos trabalhadores e minimizando a importância do papel do Estado neste momento.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas