Espoliação do patrimônio
Em licitação no último dia 30, o governo Bolsonaro vendeu o controle da Eletrobrás no Complexo do Campos Neutrais-RS deixando um prejuízo bilionário ao Estado.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Complexo Campos Neutrais - RS
Complexo Eólico Campos Neutrais-RS, maior parque eólico da AL, entre Santa Maria do Palmar e Chuí. | Foto por: reprodução.

No último dia 30 de julho, o governo Bolsonaro vendeu o Complexo Eólico Campos Neutrais, localizado no extremo sul do Rio Grande do Sul, por 500 milhões de reais, o que representa cerca de 17% do valor gasto pela Eletrobrás para construir o complexo de parques eólicos, investimento que passou dos 3,1 bilhões de reais finalizado em 2011.

O complexo, construído e administrado pela Eletrobrás, é o maior da América Latina com capacidade instalada de 583 MW de geração elétrica e se estende entre os municípios de Santa Vitória do Palmar e Chuí.

O “negócio” ficou ainda mais escandaloso após denúncia feita pelo Sindicato dos Engenheiros do Rio Grande do Sul (SENGE) que destacou o lucro líquido do complexo em 2017 de R$ 345 milhões, ou seja, o que pagaria a “compra” do parque pela vencedora da licitação em menos de 2 anos, deixando o prejuízo bilionário da construção para o governo federal.

O SENGE apresentou denúncia ao Ministério Público contra a venda do complexo ainda em 2018, bem como apresentou nota técnica ao MP e à câmara de vereadores das cidades com diversos argumentos contra a privatização. O sindicato destacou também a venda feita durante a pandemia, num momento que não é possível fazer um debate amplo com a sociedade e diversos grupos afetados.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas