“Bolsonaro vai resolver essa mistura”: extrema-direita quer expulsar negros das escolas e assassinar quem for contra

IMG_2904

Uma criança negra, Ayanna, de 10 anos, sofreu, de uma outra criança, um menino da mesma idade, uma intimidação verbal de tipo racista. Embora, dito por uma criança, as frases revelam bem o pensamento da extrema direita Bolsonarista em relação ao negro e o chorume ideológico racista a que são submetidos os filhos dos “cidadãos de bem” em casa e que aparece agora publica e abertamente na fala do candidato fascista.

O caso aconteceu em uma escola particular em Jaboatão dos Guararapes, Pernambuco. Após a divulgação do resultado do segundo turno Ayanna relatou a família o que um colega de classe havia lhe dito: “ Ayanna, aqui não é lugar para você. Você não vai poder estudar nesta escola porque não combina com sua cor. Sua família é negra e vocês tem que viver separados de nós. Bolsonaro já ganhou e garantiu que vai resolver essa mistura. Se seus pais vierem falar merda a gente mete bala”.

Ayanna que é  a única negra da sua classe foi vítima ainda de outras frases preconceituosas, como: você estuda nesta escola por causa de bolsa? Etc. A mãe de Ayanna, que é pedagoga e professora Universitária publicou um relato sobre este caso em seu perfil no Facebook, as frases do garoto foram encaminhadas por ela a professora da classe.

Não se trata de um caso isolado, mas de um caso revelador da extensão da propaganda racista e da política que a burguesia golpista e a extrema-direita, unificados por de trás da candidatura de Jair Bolsonaro, tem para o negro e que foi sintetizada na fala chocante do garoto, evidentemente que reproduzindo a ideologia racista do meio familiar e social em que vive.

A ideologia racista que é uma elemento fundamental para a dominação política da burguesia contra o negro e sempre fez parte da ideologia da burguesia brasileira, ainda que de maneira mais ou menos camuflada, envergonhada, contudo, mostra-se agora a luz do dia e tal como é. Essa ideologia pode ser reduzida, suas em causa e ao mesmo consequências, já que aprofundam as causas, praticas, a quatro palavras: exploração, opressão, segregação e violência. É o que a direita, a extrema-direita bolsonarista e a burguesia golpista de conjunto preparam para o negro no próximo período. 

É preciso se organizar em conjunto com o movimento operário e popular, através de comitês de auto-defesa, de luta contra o golpe e em defesa dos direitos democráticos para enfrentar a altura a investida de burguesia e da extrema-direita golpistas .