Outro roubo contra os idosos
Se a inflação for de 10% e o valor do salário previdenciário não for reajustado pela inflação não haverá perda para o aposentado
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
aposentados
Aposentadoria, dor e sofrimento para quem trabalhou a vida inteira | Foto: Reprodução

O Desgoverno do fascista Bolsonaro pretende atacar os aposentados.

O Ministério da Economia quer desindexar o reajuste das aposentadorias que hoje é corrigido pela  inflação do período, segundo o governo o congelamento se daria por dois anos.

Os ataques ao salário mínimo para os trabalhadores da ativa já fez com que perdessem o aumento real,  a inflação continua a comer o poder de compra desse que já é um salário de fome.

O golpista Bolsonaro pretendia usar o dinheiro economizado nos reajustes para turbinar o seu programa “Renda Brasil”, uma esmola para os miseráveis para que eles possam votar e em seguida morrer. De preferência logo após as eleições,

Como é de costume nos governos direitistas, a bondade acaba assim que eles obtém o seu voto.

O “RENDA BRASIL”, que em si, já era outra forma de roubar a população, foi cancelado, segundo twitt do próprio Bozo,  mas com certeza outro ataque está a caminho.

De acordo o secretário Especial de Fazenda do Ministério da Economia, Waldery Rodrigues: “O benefício hoje sendo de R$ 1.300, no ano que vem, ao invés de ser corrigido pelo INPC, ele seria mantido em R$ 1.300. Não haveria redução, haveria manutenção”

O cinismo, marca registrada desse desgoverno, se a inflação for de 10% e o valor do salário previdenciário não for reajustado pela inflação não haverá perda para o aposentado.

Continuando a toque de caixa os ataques contra o povo pobre em todos os setores que se possa imaginar, econômicos, sociais, culturais e de soberania, o ponto final desses ataques será a destruição do Brasil e a entrega ao imperialismo.

Não adianta a esquerda continuar tentando empurrar esse governo até 2022, os ataques estão vindo de todas as frentes e é impossível enfrentar cada um deles, por isso é preciso unir a esquerda e o povo para tirar os parasitas o mais rapidamente possível.

E isso se dará com o povo na rua.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas