Bolsonaro troca o programa Mais Médicos pelo programa Mais Mortos
cms-image-000540507
Bolsonaro troca o programa Mais Médicos pelo programa Mais Mortos
cms-image-000540507

Após expulsar os médicos cubanos do País e encerrar o programa Mais Médicos nas primeiras semanas de seu mandato ilegítimo, a política de destruição da saúde pública levada a diante pelo governo golpista de Bolsonaro poderá levar a morte de mais de 100 mil pessoas em todo o país. Os dados são resultado de um levantamento realizado por pesquisadores da Universidade Federal da Bahia, a UFBA, em conjunto conjunto com pesquisadores da Universidade de Standford, nos EUA, e do Imperial College, de Londres na Inglaterra.

A estimativa aponta que devido a falta de médicos e a política de corte nos investimentos públicos, imposta pelo governo golpista de Temer, mais de 100 mil pessoas poderão morrer no país em um prazo de dez anos por conta de doenças evitáveis. Os números poderão ser ainda muito maiores, pois a pesquisa não computou os dados referentes a população maior de 70 anos.

O programa Mais Médicos foi instituído durante o mandato da presidenta Dilma Rousseff, tendo como objetivo prestar assistência médica a moradores de regiões da periferia dos grandes centros e cidades do interior, com déficit de atendimento ou sem qualquer assistência. Diante da escassez de médicos brasileiros interessados em aderir ao programa, o governo petista estabeleceu uma parceria com o governo cubano, que enviou milhares de médicos para atender ao programa, com larga experiência em medicina publica.

Estima-se que com o fim dos Mais Médicos, mais de 30 milhões de pessoas ficaram prejudicadas no país. O governo fascista de Bolsonaro buscou fazer demagogia com fim do programa, anunciando um suposto “plano público de carreira para os médicos”. Trata-se na prática de uma política criminosa e genocida, um ataque ao direito à saúde da população pobre brasileira que irá levar a morte milhares de pessoas.

É preciso dizer com todas as letras, que o governo golpista de Bolsonaro é um governo literalmente de assassinos, um governo de verdadeiros genocidas que atuam à favor do extermínio de seu próprio povo. É preciso colocar abaixo Bolsonaro e todos os golpistas o quanto antes, bem como todo o regime golpista. Esta é a única política colocada no momento, a única política que pode evitar que a população seja massacrada nas mãos dos golpistas.