Bolsonaro tenta censurar a maior organização de estudantes do país

303677146-une

O candidato fascista Jair Bolsonaro acionou o Tribunal Superior Eleitoral numa clara tentativa de censurar a oposição União Nacional dos Estudantes (UNE). Além de pedir o impedimento da posição  da UNE em relação às eleições, que naturalmente é contrário a Bolsonaro, o candidato fascista, inimigo da educação, do ensino e da cultura, quer que a entidade retire postagem relativas relativas às eleições.

Pretender cassar a liberdade de expressão de organizações da sociedade Civil ou mesmo de indivíduos é uma manifestação clara do caráter ditatorial de Bolsonaro e seu séquito. O fato de utilizar-se do Judiciário, aliás uma instituição golpista e reacionária, não garante legalidade, em absoluto, a tentativa de cercar a liberdade expressão e de liberdade manifestação da UNE, antes afirma o caráter arbitrário e parcial destes “Poder”.

Veja a nota da União Nacional dos Estudantes sobre o caso:

#EleNão vai nos calar: nota oficial da UNE

Jair Bolsonaro tenta censurar a entidade e retirar postagens dos estudantes sobre as eleições

A União Nacional dos Estudantes foi acionada na justiça pelo candidato Jair Bolsonaro por conta da campanha “Bolsonaro Não”. O candidato solicita ao Tribunal Superior Eleitoral que a UNE retire as postagens relacionadas a campanha do ar, e afirma que a entidade não pode ter posicionamento no processo eleitoral.

É uma tentativa nítida de cercear a opinião dos estudante brasileiros, que se organizam em todo país em defesa da democracia e contra o autoritarismo. Nossa postura de firmeza se mantém, contrapor as ideias de Bolsonaro faz parte da democracia.

#EleNão vai nos calar!

UNIÃO NACIONAL DOS ESTUDANTES