Siga o DCO nas redes sociais

Sem direitos trabalhistas
Bolsonaro sanciona MP da liberdade econômica
Trata-se de uma MP para facilitar a exploração da burguesia sobre seus funcionários, retirando diversos direitos dos trabalhadores.
bolsonaro-sanciona-lei-empresa-simples-credito1
Sem direitos trabalhistas
Bolsonaro sanciona MP da liberdade econômica
Trata-se de uma MP para facilitar a exploração da burguesia sobre seus funcionários, retirando diversos direitos dos trabalhadores.
Bolsonaro sanciona Lei da Empresa Simples de Crédito. Foto: Alan Santos/PR
bolsonaro-sanciona-lei-empresa-simples-credito1
Bolsonaro sanciona Lei da Empresa Simples de Crédito. Foto: Alan Santos/PR

Da redação – Nesta sexta-feira, o presidente fascista Jair Bolsonaro sancionou a Medida Provisória da liberdade econômica. Trata-se de uma medida para destruir o que sobrou dos direitos trabalhistas. O texto foi aprovado com quatro vetos.

Um dos pontos vetados foi o prazo de 90 dias para a validade da lei, e desta forma o texto entrará em vigor assim que for publicado no Diário Oficial da União. Os vetos serão analisados pelo Congresso Nacional que poderá aprovar ou reverter a decisão.

Dentre os pontos previstos pela lei estão: o funcionamento das agências bancárias aos sábados, para superexplorar os trabalhadores bancários; na mesma linha de superexploração, empresas com 20 funcionários ou menos não precisarão registrar entrada e saída do trabalho dos trabalhadores, facilitando o aumento do horário de trabalho dos funcionários fora do limite legal.

Uma lei para facilitar a exploração da burguesia sobre seus funcionários. Inicialmente, a lei inicial previa inclusive trabalho aos domingos, mas diante da impopularidade desta medida o Senado retirou-a da MP.

Por esse e outros ataques, é preciso mobilizar nas ruas pela derrubada do governo Bolsonaro e de todos os golpistas.