Reunião com patrões
Em reunião com grandes industriais, Bolsonaro reafirma para quê foi colocado na presidência: para servir à burguesia.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Bolsonaro - FIE
Bolsonaro prestando contas aos "patrões" da FIESP. | Foto por: reprodução.

Em videoconferência hoje (14) com Firjan, instituição que reúne empresários da indústria do Estado do Rio de Janeiro, o presidente ilegítimo Jair Bolsonaro admitiu novamente que é funcionário deles:

O grande trabalho nosso, do governo federal, porque nós somos, na verdade, empregados de vocês, é não atrapalhar quem queira empreender e que queira produzir, em especial, obviamente, quem queira empregar mais gente nossa no Brasil

A fala de Bolsonaro, deixa claro o que este diário denuncia desde novembro de 2018, que Bolsonaro foi colocado e é mantido na presidência pela burguesia nacional, apesar de divergências superficiais ou secundárias, é ela juntamente com a burguesia internacional que mantém o governo Bolsonaro para seguir atacando os trabalhadores.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas