Nacional
Jair Bolsonaro deve publicar ainda neste ano dois decretos regulamentando a espionagem contra a oposição e movimentos sociais
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
(Brasília - DF, 16/09/2020) Gravação de discurso para a 75ª Assembleia Geral da ONU.
Foto: Marcos Corrêa/PR
Bolsonaro | Foto: Marcos Corrêa/PR

Um grupo criado pelo governo de Jair Bolsonaro no âmbito do Ministério da Justiça aprovou as novas diretrizes do trabalho de inteligência na área de segurança pública. Essas diretrizes farão parte de dois decretos que Jair Bolsonaro deve baixar até o final do ano.

A nova orientação para o trabalho de espionagem contra oposicionistas e movimentos sociais começou a ser elaborada após a crise instalada pelo vazamento do relatório sobre movimentos antifascistas.

Um dos decretos institui uma “política nacional de inteligência” e outro regulamenta a chamada estratégia nacional, informa o Painel da Folha de S.Paulo.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas