Fascismo
Bolsonaro e Nabhan estão querendo despejar famílias de trabalhadores ligadas a militantes do MST do Assentamento Jaci Rocha de maneira totalmente ilegal e com clara perseguição
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
força nacional prado
É preciso repudiar a ditadura imposta pelo governo Bolsonaro dentro dos assentamentos da Bahia | Imagem: DCO

Os assentamentos da reforma agrária do Extremo Sul da Bahia estão sofrendo uma intervenção do governo do fascista Jair Bolsonaro e do pistoleiro Antônio Nabhan Garcia que implantou uma ditadura através do envio da Força Nacional de Segurança Pública.

Essa ditadura está implantada para colocar o projeto dos latifundiários do governo Bolsonaro de destruir os assentamentos da reforma agrária e nesse sentido estão perseguindo e expulsando famílias dos assentamentos de dois municípios da Bahia, Prado e Mucuri.

O INCRA, juntamente com os fascistas da Força Nacional e da Polícia Federal, está pedindo a reintegração de posse de pessoas ligadas ao MST que estão assentadas no Assentamento Jaci Rocha.

É uma ação fascista de perseguir assentados da reforma agrária ligadas a movimentos sociais e organizações de trabalhadores para desarticular o MST na região e facilitar que os bolsonaristas destruam os assentamentos e enganem as famílias assentadas com seu projeto de extorsão das famílias com as mentiras realizadas pelos políticos bolsonaristas da região.

É preciso que as organizações de esquerda, sindicatos, partidos políticos entrem na campanha e na luta contra essa ação fascista do governo Bolsonaro em perseguir militantes da reforma agrária e destruir a organização dos trabalhadores.

Fora Força Nacional dos Assentamentos

Fora Bolsonaro

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas