Governo Bolsonaro
A equipe econômica estuda a apresentação de uma proposta de desindexação que impediria o reajuste do salário mínimo e dos benefícios.

Por: Redação do Diário Causa Operária

A equipe econômica do governo Jair Bolsonaro, liderada por Paulo Guedes, estuda a proposta de desindexação das aposentadorias, pensões e do salário mínimo.

Se aprovada, os benefícios deixam de ter o salário mínimo como valor de referência. E o salário mínimo deixa de ser corrigido pela inflação oficial. O que significa uma redução ainda maior de seu poder de compra, já muito baixo e incapaz de cobrir as necessidades fundamentais de uma família da classe trabalhadora.

Os bancos e instituições financeiras, que têm em Paulo Guedes seu homem de confiança no governo, são entusiastas da aprovação da proposta.

Send this to a friend