Saúde da Mulher
Brasil e Estados Unidos da América dão as mãos contra a vida das mulheres
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
49633459132_63d11a46c7_k
Bolsonaro e Trump, Mar a Lago - Flórida | Foto: Alan Santos/PR

Os governos brasileiro e norte-americano promovem o estabelecimento de documento que representaria uma aliança internacional sobre princípios básicos da saúde da mulher que defende, primordialmente, a rejeição do aborto. Claro, desconsiderando a vontade, psicológico e vida das mulheres.

Nessa última quarta-feira (02), o requerimento foi apresentado pela entidade Conectas Direitos Humanos à Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional e à Comissão de Direitos Humanos do Senado “para que convoquem o Ministro de Estado de Relações Exteriores, Ernesto Araújo, para prestar esclarecimento sobre iniciativa co-patrocinada pelo Brasil e Estados Unidos da América”.

O Itamaraty não se pronunciou até o momento e o embaixador estadunidense no Brasil, Todd Chapman, em seu discurso na Fundação Getúlio Vargas há dez dias, fez referência ao documento que, segundo ele, assegura ganhos significativos de saúde e desenvolvimento para a mulher e defesa da família.

Com a crise se agravando sob o comando de Bolsonaro, o presidente ilegítimo busca nas questões morais uma maneira de reconquistar sua base social e eleitoral, após a polêmica em relação ao papel do governo no caso da menina de dez anos que, depois de ser estuprada, teve dificuldades em garantir o aborto legal. O projeto surge como maneira de dificultar ainda mais o acesso ao aborto seguro e expor as vítimas da violência a maior constrangimento, utilizando-se do discurso manipulador de “pró-vida” e “defesa da família”.

Além de desconsiderar a qualidade de vida das mulheres brasileiras, esse projeto abominável busca prejudicar as mulheres em um âmbito internacional.

Aborto legal e seguro é questão de saúde pública!

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas