Espoliação dos trabalhadores
Governo prorroga programa que permite a redução de salários em até 70% e suspensão de contratos de trabalho, permitindo que trabalhadores fiquem até 6 meses sem renda.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Bolsonaro e Guedes
Bolsonaro e Guedes, a dupla que esfola o trabalhador e entrega tudo aos banqueiros. | Foto por: reprodução.

O ministro da economia, Paulo Guedes, anunciou nesta sexta (21) a prorrogação por mais dois meses do “Programa Emergencial de Manutenção do Emprego e da Renda” aprovado pela MP 936, que apesar do nome tem como pontos principais a permissão para que empresas façam cortes de jornadas e de salários de até 70% e suspendam os contratos de trabalho e deixem trabalhadores até 6 meses sem renda.

Guedes anuncia a prorrogação do “programa” afirmando ser um sucesso que teria permitido preservar 16 milhões de empregos e economia de 20 bilhões de reais.

Entretanto, o que não fica claro para os trabalhadores é, do que vale ter um contrato de trabalho, um papel, quando você não recebe salário ou recebe algo que não atende o mínimo para o sustento seu e de sua família?

Ao contrário da propaganda fajuta que faz o governo, desde a aplicação da medida no começo da pandemia, o que não faltam são denúncia de trabalhadores como ter o contrato suspenso formalmente e ser obrigado a continuar a trabalhar normalmente.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas