Bolsonaro promete ser mais entreguista que Michel Temer

bolso

Da redação – O presidenciável da extrema-direita fascista, Jair Bolsonaro (PSL), que nunca conseguiu falar de economia em entrevistas, escalou sua equipe econômica e mostrou sua faceta entreguista. Responsável pelo programa econômico de Bolsonaro, o economista Paulo Guedes é um grande defensor do teto de gastos golpista, prometendo aprofundá-lo ainda mais: “estou botando teto em todas as minhas despesas; financeiro também; não quero gastar mais que R$ 300 bilhões”, diz Guedes em entrevista ao jornal Valor.

A cartilha neoliberal de Bolsonaro não para por aí. Guedes se mostra ainda mais entreguista do que o que Temer consegue ser, afirmando que o governo de Bolsonaro vai lutar até o fim para a liquidação daquilo que interessa ao povo brasileiro: “acho que as reformas têm que vir. Ele [Bolsonaro] está cada vez mais se informando da urgência dessa agenda. Previdência, tributária, fiscal. E tem realmente considerações de parte a parte, diz Guedes.