“Não vai durar para sempre”
O presidente fraudulento de genocida sai a campo novamente para prometer o fim do auxílio emergencial
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
jair-bolsonaro-5
O presidente que quer matar o povo de fome, de vírus ou de bala. Fora Bolsonaro! | Foto: Reprodução

O presidente do genocídio do povo brasileiro, Jair Bolsonaro, saiu a público em viagem feito ao Nordeste para prometer a burguesia o fim do auxílio emergencial. Segundo o presidente fraudulento, o auxílio se estenderá até novembro. Ainda por cima, declarou que não sabe com que valor, isto é, ameça de reduzir a própria esmola que já está dando aos trabalhadores desempregados durante a pandemia de coronavírus, da qual o descontrole é responsabilidade dele e de todo poder público.

“Para nós que estamos aqui em cima pode ser muito pouco, mas para o povo mais humilde é tudo. Entregar água, uma casa ou energia elétrica é um momento ímpar. Estamos levando o progresso e a dignidade para essa população”, debochou o genocida novamente da população pobre.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas