Crime contra a Amazônia
Joaquim Álvaro Pereira Leite, nomeado para a Secretaria da Amazônia e Serviços Ambientais, foi conselheiro da SRB
Revista Veja
Matéria: Presidente da República recebe os novos Embaixadores
Personagem: Jair Bolsonaro, presidente da República
Foto: Cristiano Mariz
Data:04/06/2019
Local: Palácio do Planalto-  Brasília - DF
Incapaz de atender qualquer interesse do povo, presidente ilegítimo reforça apoio a Ricardo Sales | Foto: Cristiano Mariz
Revista Veja
Matéria: Presidente da República recebe os novos Embaixadores
Personagem: Jair Bolsonaro, presidente da República
Foto: Cristiano Mariz
Data:04/06/2019
Local: Palácio do Planalto-  Brasília - DF
Incapaz de atender qualquer interesse do povo, presidente ilegítimo reforça apoio a Ricardo Sales | Foto: Cristiano Mariz

247 – O velho ditado “a raposa cuidando do galinheiro” ganha real significado no governo Jair Bolsonaro. A recém-criada Secretaria da Amazônia e Serviços Ambientais do Ministério do Meio Ambiente (MMA) vai ser comandada por um ex-conselheiro de uma das principais entidades ruralistas do país.

Na edição desta segunda-feira (21) do Diário Oficial da União (DOU), foi confirmada a nomeação de Joaquim Álvaro Pereira Leite. De acordo com reportagem do jornal O Globo, no currículo ele inclui o cargo de conselheiro da Sociedade Rural Brasileira (SRB) durante 23 anos.

O jornal lembra que a entidade é uma das que divulgaram uma nota de apoio à gestão de Ricardo Salles à frente do MMA dias depois da veiculação da fala de Ricardo Salles sobre aproveitar a epidemia da Covid-19 para “passar a boiada” na área ambiental.

Joaquim Álvaro Pereira Leite já ocupava cargos de confiança no MMA desde 2019, e, até hoje, era o responsável pela Secretaria de Florestas e Desenvolvimento Sustentável do ministério, que deu lugar à nova Secretaria da Amazônia e Serviços Ambientais.

 

Relacionadas
Send this to a friend