Da redação – O Governo Federal da Jair Bolsonaro liberou mais R$ 152,2 milhões em emendas parlamentares para os deputados votarem a Reforma da Previdência. A liberação ocorreu nesta quinta-feira (11) em meio à votação das sugestões de propostas de alteração do texto-base, aprovado na terça-feira (9).

Bolsonaro já havia liberado R$ 1,5 bilhões, em um dos maiores esquemas de corrupção, para aprovar a Reforma da Previdência na Câmara dos deputados.

Teoricamente, esse dinheiro precisa ser aplicado em projetos nos Estados e municípios, mas a prática comum é o desvio de dinheiro para favorecimento pessoal dos deputados.

Desta forma, Bolsonaro comprou a Reforma, agora com mais de R$ 1,7 bilhões. Tudo isso para roubar a aposentadoria do povo.

Send this to a friend