“Bolsonaro foi fazer campanha para Netanyahu”, diz Rui Costa Pimenta, ao vivo

1abr19---em-gesto-historico-jair-bolsonaro-visita-o-muro-das-lamentacoes-acompanhado-do-premie-benjamin-netanyahu-1554130238140_v2_1920x1339

Da redação – Acontece agora, ao vivo, mais uma Análise Política, com Rui Costa Pimenta, presidente nacional do PCO. Toda terça-feira, às 16h, a Análise Política é transmitida pela TV 247 no YouTube, com retransmissão no canal da Causa Operária TV. Neste momento Rui Costa Pimenta comenta a visita de Bolsonaro a Israel.

É uma política que pode causar grande prejuízo para capitalistas brasileiros, que expressa

o “enfrentamento entre a extrema-direita, que não tem uma sensibilidade política para o conjunto da situação”, e a direita mais tradicional do regime político”.

Além disso: “essa política de apoiar Israel é uma política dos evangélicos brasileiros, da extrema-direita e da extrema-direita norte-americana, do tipo do Steve Bannon. O Netanyahu faz parte dessa extrema-direita internacional, e o Bolsonaro foi lá fazer campanha para tirar o Netanyahu do sufoco [nas eleições do próximo dia 9]”.

Uma política que parece não fazer nenhum sentido, mas que tem apelo para a base social de Bolsonaro, da qual ele não pode abrir mão porque trata-se de seu único apoio.

Assista ao vivo na COTV: