Assassinos dos trabalhadores
Os dados do Ministério da Saúde, são ainda mais baixo porque os laboratórios fazem menos exames nos fins de semana. É um esquema nazista pra matar o povo e esconder a realidade.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
9B17DB3B675E7C5806B43E1FDD9ADE251697_bolsonaro (1)
Jair Bolsonaro colocando a máscara | Foto: Fotos Públicas
O Brasil iniciou a semana batendo todos os recordes trágicos da Covid-19, tanto no que se trata de infecções, quanto nos óbitos. Na segunda-feira (20), foram registrados mais 632 óbitos, totalizando 80.120 vidas perdidas desde o início da pandemia, em março, sendo que os casos confirmados são de 20.257 novas infecções da doença, somando 2.118.646 pessoas contaminadas, e assim, a média móvel de mortes dos últimos sete dias é 1.047 por dia.
De início vale lembrar sempre, que o governo leva a cabo – abertamente – a política de fálsificar os números, não averiguando as gigantescas subnotificações e não testando o povo. Logo, esses números de mortes diárias, pela lógica, devem ser mais de mil por dia, todos os dias, desde muito tempo atrás – inclusive, como já denunciaram diversas pesquisas oficiais nacionais e internacionais.
Quase todas as regiões do país apresentam alta em números de casos e mortes, o Sul, tem 58%, e o Centro-Oeste, com alta de 22%, são as regiões com maior crescimento de mortes por Covid-19 em uma semana. Já o Sudeste tem alta de 2%, Norte teve queda de 10% e Nordeste apresentam estabilidade com queda de 11%.

 

Os dados do Ministério da Saúde, como de costume, tendem a ser ainda mais baixo porque os laboratórios funcionam em esquema de plantão nos fins de semana e fazem menos exames. É todo um esquema nazista para matar o povo e esconder o que está acontecendo.

 

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas