Aprofunda-se a crise do golpe
Reportagem da imprensa burguesa mostra que Bolsonaro teria autorizado suspeito de matar Marielle de entrar em seu condomínio no dia do assassinato
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
(São Paulo - SP, 27/03/2019) Presidente da República, Jair Bolsonaro durante entrevista com José Luiz Datena. Foto: Isac Nóbrega/PR
É preciso derrubar o presidente ilegítimo e fascista. Foto: Isac Nóbrega/PR |

Da redação – Na noite de ontem (29), a TV Globo divulgou uma reportagem baseada em investigações da Polícia Civil do Rio de Janeiro, que contêm o depoimento do porteiro do condomínio Vivendas da Barra, residência do então candidato à presidência da República Jair Bolsonaro. Nesse depoimento, o porteiro afirma que uma pessoa com a voz de “seu Jair” deu autorização para que um dos suspeitos de assassinar a ex-vereadora Marielle Franco (PSOL) entrasse no local.

Ainda de acordo com a reportagem, o suspeito teria informado que visitaria a casa de Bolsonaro, porém foi para a residência de Ronnie Lessa, policial militar reformado que, segundo o Ministério Público e a Polícia Civil, é o autor dos disparos que executaram Marielle e seu motorista, Anderson Gomes, em 14 de março de 2018.

No mesmo dia, outro suspeito do crime – Élcio Vieira de Queiroz – informou à portaria do condomínio que visitaria uma das residências de Bolsonaro, tendo seu nome registrado no caderno de controle de visitas da portaria. O porteiro ligou para a casa de Bolsonaro e recebeu a liberação de entrada do “seu Jair”.

A trajetória de Queiroz pelo condomínio foi acompanhada pelas câmeras de segurança, que mostram seu carro se dirigindo não à residência de Bolsonaro, mas à de Lessa.Também segundo a reportagem, o porteiro entrou em contato com a casa do líder fascista, que disse saber que Queiroz estava indo para a casa de Lessa. Mais tarde, Lessa e Queiroz saíram juntos da casa do condômino.

O caso gerou fortes ataques de Bolsonaro à Globo, o que significa um aprofundamento imenso da crise dos golpistas. A esquerda deve aproveitar a situação para fortalecer a campanha contra Bolsonaro e o golpe, a fim de colocar o povo na rua para derrubar todo o regime da direita.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas