Meio Ambiente
Bolsonaro busca intensificar a entrega do meio ambiente à espoliação capitalista
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
O presidente Jair Bolsonaro e o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, falam à imprensa  na entrada do Palácio da Alvorada.
Bolsonaro e Salles, inimigos do direito ao meio ambiente no Brasil | Reprodução

Em meio à espoliação da fauna e flora, entrega de riquezas naturais e intensificação da vulnerabilidade de populações como indígenas, quilombolas, ribeirinhos e agricultura familiar, atitudes básicas do liberalismo na agenda ambiental, o presidente ilegítimo Jair Bolsonaro promove mais um ataque. Dessa vez com a assinatura de um decreto que entrega pontos turísticos e parques naturais à concessão da iniciativa privada, mais especificamente o Forte Nossa Senhora dos Remédios(PE), Forte Orange(PE), Fortaleza Santa Catarina(PB) E Fazenda Pau D’Alho(SP).
Como de costume, liberais realizam essas entregas com o pretexto de que a iniciativa privada teria capacidade para administrar tais pontos, uma afirmação que não se sustenta por um só minuto, uma vez que capitalistas são os verdadeiros algozes e destruidores do meio ambiente.

A medida, como toda privatização, tem como fim alienar do povo seus bens e direitos (lazer, meio ambiente, saúde, entretenimento) por parte dos capitalistas. A defesa do meio ambiente no atual momento passa obrigatoriamente pela queda de Jair Bolsonaro, este que ascendeu através do golpe de 2016, em eleições fraudulentas realizadas sem a participação do candidato mais popular, o ex-presidente Lula, que teve seus direitos cassados por processos ilegais e persecutórios movidos pela justiça golpista (Operação Lava-jato). O presidente de extrema direita foi apoiado pelo agronegócio e demais forças reacionárias e direitistas, e o imperialismo, que sempre buscam intensificar a espoliação das riquezas naturais do Brasil.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas