Justiça Federal deu 72 horas
Fazendo a típica demagogia de direita, a medida judicial foi gerada pelos coordenadores do fascista, Movimento Brasil Livre (MBL)
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
mbl
Foto: Reprodução |

A Justiça Federal de Brasília decidiu convocar o presidente golpista, Jair Bolsonaro (sem partido), em um prazo 72 horas, para que o mesmo explique a mudança no comando da Polícia Federal no Rio de Janeiro.

Publicada nesta terça-feira (5), mesmo dia em que o chefe do Executivo confirmou a saída de Carlos Henrique Oliveira do cargo de superintendente da corporação no estado, a decisão ainda não tinha sido comunicada à Advocacia-Geral da União até esta tarde.

Fazendo a típica demagogia de direita, a medida judicial foi gerada pelos coordenadores do fascista, Movimento Brasil Livre (MBL). Eles questionam a legalidade da substituição do cargo, que é considerado estratégico em investigações.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas