Siga o DCO nas redes sociais

Humilhação histórica
Bolsonaro, de joelhos para os EUA, vota a favor do bloqueio a Cuba
Nem mesmo outros países imperialistas ou governos fascistas/fantoches dos EUA votaram a favor do bloqueio; apenas EUA, Israel e Brasil
19/03/2019 Encontro com o Senhor Donald Trump, Presidente dos Es
Humilhação histórica
Bolsonaro, de joelhos para os EUA, vota a favor do bloqueio a Cuba
Nem mesmo outros países imperialistas ou governos fascistas/fantoches dos EUA votaram a favor do bloqueio; apenas EUA, Israel e Brasil
Bolsonaro demonstra novamente que é um funcionário de Trump. Foto: Foto: Alan Santos/PR
19/03/2019 Encontro com o Senhor Donald Trump, Presidente dos Es
Bolsonaro demonstra novamente que é um funcionário de Trump. Foto: Foto: Alan Santos/PR

Da redação – Pela primeira vez na história o Brasil votou a favor do bloqueio dos EUA contra Cuba, em votação nas Nações Unidas ocorrida nesta quinta-feira (07). Foram, no total, 187 votos contra a continuidade do bloqueio, duas abstenções (Colômbia e Ucrânia) e três a favor do bloqueio (os próprios EUA, Israel – uma criação do imperialismo – e Brasil).

O embaixador brasileiro na ONU, Mauro Vieira, seguiu determinação do ministro das Relações Exteriores, o nazista Ernesto Araújo, e realizou a votação. O governo Bolsonaro já havia sinalizado que votaria junto com os Estados Unidos.

Trata-se de uma das maiores demonstrações de submissão ao imperialismo que o Brasil já fez em toda a sua história, não apenas no governo ilegítimo de Bolsonaro. Isso porque, desde 1992 – quando o assunto começou a ser votado -, o Brasil sempre votou contra a continuidade do bloqueio. Até mesmo os outros países imperialistas e governos de tendência fascista e/ou entreguista (Polônia, Hungria, Itália, Honduras, Arábia Saudita etc.) votaram contra o bloqueio.

Os países que abstiveram-se, a Colômbia é uma semi-colônia dos EUA, com um presidente fascista (Iván Duque), e a Ucrânia é um regime dominado por políticos nazistas. Mesmo assim, tiveram uma posição mais à esquerda e soberana que o Brasil.

Países que pouca gente conhece, como as ilhas da Oceania (Palau, Tonga, Tuvalu, Papua Nova Guiné), também demonstraram ter mais soberania e dignidade que o governo Bolsonaro.

Bolsonaro está apenas prestando seus serviços aos EUA, a quem ele serve como um capacho que Donald Trump usa para limpar seus pés imundos de sangue dos povos oprimidos.

Esse é um dos motivos pelos quais Bolsonaro foi colocado no poder: arrebentar com qualquer tipo de soberania que o Brasil tem. Mais uma razão para os trabalhadores brasileiros derrubarem esse governo preposto do imperialismo, um governo que age contra o Brasil e os nossos povos irmãos, como o cubano. Fora Bolsonaro, marionete do imperialismo!