Bolsonaro continua a investida contra os professores

Second round of the presidential election in Brazil

Após o segundo turno, a investida da deputada Ana Caroline Campagnolo, deputada estadual eleita de forma fraudulenta por Santa Catarina e do mesmo partido do bolsonaro PSL, declarou guerra contra os professores do Brasil.

Depois da “vitória” de jair Bolsonaro, a deputada,escreveu em suas redes sociais que os alunos deveria filmar os professores, que expressassem suas opiniões políticas nas salas de aula contra o “eleito”.

Um governo policialesco, pois não pode mais expressar as suas ideias nos locais de trabalho, a escola virou o lugar da vigilância e medo.

Bolsonaro em entrevista para a Band voltou a defender a filmagem dos professores pelos alunos, disse que o: “Professor tem que se orgulhar e não ficar preocupado. Mau professor é o que se preocupa com isso aí”.

Então o mau professor é aquele que tem opinião contra Bolsonaro? Sabemos que isso é pura demagogia, pois o que estão promovendo a caça as bruxas.

A intenção é criar o clima de terror e vigilância, um caça as bruxas, onde qualquer opinião ou apenas um professor com camiseta vermelha, será indiciado e condenado.

Os professores devem se armar para a investida da direita que já começou, criar comitês de luta contra o golpe  para barrar os retrocessos. Fora Bolsonaro!!!