Bolsonaro cede ao Centrão e envia carta ao Senado exigindo Coaf com Paulo Guedes

BolsonaroMinistros

Da redação – Jair Bolsonaro cedeu à exigências do Centrão e enviou uma carta ao presidente do Senado, Davi Acolumbre, defendendo que o Senado mantenha na Medida Provisória 870 o texto aprovado pela Câmara de deputados, que coloca o Coaf sob controle do ministério da Economia – Paulo Guedes.

O Coaf antes estava sob o controle do Ministério da Justiça, isto é, Sérgio Moro, que representa um setor da burguesia (Lava Jato) que está em guerra com políticos do Centrão. Esta guerra ficou explícita na tentativa de prisão do ex-presidente golpista, Michel Temer (MDB), mas também nos diversos processos que foram abertos contra políticos dos partidos tradicionais.

O controle do Coaf sob Sérgio Moro daria ao ministro o poder de controle sobre as transações financeiras, podendo realizar com mais facilidade o trabalho de perseguição política aos políticos do Centrão.

Os bolsonaristas, de início, estavam se colocando contra a proposta, como revelou o líder do PSL no Senado, Major Olímpio. Bolsonaro está procurando uma alternativa de conciliação para fortalecer um laço político de apoio ao governo.