Grupos fascistas atendem
Movimento Conservador afirma que irá a Paulista mesmo contra determinação de Bolsonaro para cancelar ato.

Por: Redação do Diário Causa Operária

Bolsonaro aproveitou crise ocasionada pelo coronavírus para cancelar o chamado para uma manifestação contra o STF e o Congresso Nacional, convocada para o dia 15 de março. Com uma debilidade política imensa exposta desde o carnaval, o governo ainda se viu atingido por uma gigantesca crise com a divulgação do “pibinho”,a fuga recorde de capitais do país e uma verdadeira loucura ao tratar do coronavírus.

Entre os grupos que se prontificaram a apoiar o fascista, só o Movimento Conservador se recusou a cancelar o ato, informando que pretende levar 1 milhão de pessoas à avenida Paulista, informando ainda que o coronavírus é uma invenção chinesa. O ato do Movimento Conservador está marcado para 14h em frente à Fiesp e é um convite para que setores populares compareçam, deixando claro o desagravo da ampla maioria da população contra o regime golpista de Bolsonaro.

Send this to a friend