Bolsonaro anuncia mais um militar para o governo: Tarcísio Gomes de Freitas será ministro da Infraestrutura

cms-image-000342098

Da redação – O presidente golpista eleito pela fraude eleitoral, Jair Bolsonaro, acaba de anunciar em sua conta no Twitter Tarcísio Gomes de Freitas como novo ministro da Infraestrutura.

Ele foi diretor do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) e é formado pelo Instituto Militar de Engenharia. Ele também é graduado em ciências militares pela Academia Militar das Agulhas Negras (1992-1996).

Seu perfil no LinkedIn informa que Freitas foi oficial do Exército brasileiro entre 1992 e 2008. Suas atividades eram “planejamento e execução de operações militares, comando de frações, planejamento, projeto e execução de obras sob a responsabilidade do Exército, dentre as quais: recuperação e construção de rodovias, construção de aeródromos e terminais fluviais, gasodutos e recuperações de barragens, além da construção de instalações militares. Auditoria de obras”.

Além disso, Freitas também informa em sua conta na rede social que participou da Missão das Nações Unidas para a “estabilização” do Haiti, entre 2005 e 2006, quando o imperialismo realizou uma ocupação criminosa do país mais pobre das Américas.

Exerceu a “chefia da Seção Técnica da Companhia de Engenharia de Força de Paz da MINUSTAH. Planejamento e realização de obras de infraestrutura e de instalações militares. Obras de pavimentação, edificações, poços artesianos, iluminação pública”.

O Ministério de Infraestrutura não existe ainda e será criado pelo fascista, absorvendo possivelmente o atual Ministério dos Transportes.

Ontem havia a notícia de que o governo fruto da fraude avaliava o general Joaquim Brandão para a pasta. Agora, mudou de nome, mas ainda assim é um militar.