Capacho imperialista
Está atitude deve isolar o país no que se refere à vacinas e tratamentos para salvar o povo trabalhador
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
87396576_US-President-Donald-Trump-L-shakes-hands-with-Brazilian-President-Jair-Bolsonaro-during (1)
Encontro do chefe e do capacho | Foto: JIM WATSON / AFP

O presidente golpista Jair Bolsononaro (sem partido), seguindo as ordens do seu chefe, Donald Trump, ameaçou deixar a Organização Mundial da Saúde caso a mesma não mudasse de posição sobre suas críticas “ideológicas ao governo capacho do imperialismo.

A crítica foi recebida na diplomacia internacional como uma tentativa deliberada do governo brasileiro de desviar a atenção e se eximir da responsabilidade pelas mortes no país por conta da COVID-19, tal como fez Trump antes de sair definitivamente, culpando a China pela pandemia.

Está atitude deve isolar o país no que se refere à vacinas e tratamentos para salvar o povo trabalhador. Um crime.

Assim, o governo brasileiro demonstra enquanto está submisso aos EUA em todas as áreas da sociedade. O plano de matar o povo pobre, esconder os dados oficiais, atacar os vizinhos continentais, implementando uma ditadura imperialista, segue a todo vapor e só será parado por mobilizações de massas em todos os países.

 

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas