Ameaça de golpe
Para Bolsonaro inquérito de fake news que pode levar a cassação da chapa é “esticar a corda” em referência a fala do general Ramos sobre um golpe militar.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
ramos e bolsonaro
General Luiz Eduardo Ramos e Bolsonaro. | Foto: Marcos Correa

Em entrevista Band News nesta segunda-feira (15), Bolsonaro afirmou que o julgamento pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) de um processo que pode levar à cassação da chapa Bolsonaro/Mourão é “começar a esticar a corda”. Fazendo referência a fala do General Ramos na sexta-feira (12).

Na semana passada sexta feira-feira (12), o general do exército Luiz Eduardo Ramos e atual ministro-chefe da Secretaria de Governo do presidente ilegitimo e fraudulento Jair Bolsonaro, em entrevista a revista Veja, descartou uma intervenção militar no país, mas alertou para que os “partidos de oposição não estiquem a corda”.

O julgamento no TSE é referente a uma página de internet que em 2018, um grupo no Facebook chamado “Mulheres unidas contra Bolsonaro” foi invadida e mudou de nome para “Mulheres com Bolsonaro 17”, excluíram os administradores e fizeram publicações elogiando o fascista Bolsonaro e apagou os cometários críticos.

Na entrevista Bolsonaro criticou o inquérito das fake news no STF que teve 3 votos a favor e 2 contra para reabrir o processo de cassação da chapa disse que serve apenas ao ministro Alexandre de Moraes relator da apuração, que pediu vista em analise sobre invasão de página em 2018.

Entre outras essa é mais uma ameça de golpe expelida pelo golpista Bolsonaro.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas