CoronaVac
Presidente ilegítimo desautorizou o próprio ministro da Saúde
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
bolsonaro_sorrisinho
Jair Bolsonaro | Foto: PR

Nesta quarta-feira (21), o presidente ilegítimo Jair Bolsonaro veio a público para desmentir seu próprio ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, que havia anunciado, no dia anterior, que o Brasil compraria 46 milhões de doses da vacina chinesa para o novo coronavírus. Bolsonaro afirmou que não iria comprar a vacina e chegou a insinuar que a declaração de Pazuello seria uma “traição”.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas