Contra as privatizações
Desde janeiro de 2019 até agora já foram abertos 48 processos de entrega dos ativos da Petrobrás, o que corresponde a 2,5 processos por mês, agora são mais 28 só na Bahia
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
petrobras
Fachada de prédio da Petrobrás | Foto: Reprodução

O governo golpista do fascista Bolsonaro vem entregando e de forma acelerada, todas as instalações da Petrobrás aos abutres internacionais. 50% dos ativos já foram privatizados, agora está preparando para entregar toda a Petrobrás do estado da Bahia, numa rapinagem sem precedentes.
São 67 anos da estatal no estado nordestino que vai se esvaindo, devido aos interesses de Bolsonaro, capacho imperialista que não pretende deixar nada do patrimônio do povo sem que o capitalista se apodere dele.
Conforme artigo da Federação Única dos Petroleiros (FUP) de ontem (05) são 28 campos terrestres que serão entregue de uma só vez. A doação que será ofertada “Polo Bahia Terra”, anunciada pela Petrobrás, inclui campos de exploração e produção de petróleo e gás importantíssimos para a geração de impostos, emprego e renda para o estado, como os campos de Taquipe, Santiago, Buracica, Araçás e Fazenda Bálsamo, e suas bases administrativas, localizados em diferentes municípios da Bahia; cerca de 1.700 poços em operação, 19 estações coletoras, 12 pontos de coleta, estações de tratamento de óleo, seis estações compressoras, quatro estações de tratamento e injeção de água, aproximadamente 980 km de gasodutos e oleodutos;
Também foram colocados à venda dois Parques de Estocagem e Movimentação de Petróleo (Parque Recife e Parque São Sebastião) com toda a infraestrutura de recebimento, armazenamento e escoamento do petróleo para a Refinaria Landulfo Alves (RLAM).
Laboratórios, salas de controle, poços de captação de água doce e 10 subestações elétricas também fazem parte do teaser de ofertas lançado pela estatal que informou ainda que poderão ser incluídas concessões do Polo de Miranga e/ou de Recôncavo1 (Polos já colocados à venda anteriormente).
Um patrimônio construído em oitenta anos no Brasil e, somente no estado da Bahia já se soma 67 anos. Um patrimônio de valor incalculável que praticamente será doado aos grandes especuladores mundiais da bolsa, em suma, o imperialismo, que vive da rapinagem das riquezas dos demais países pelo mundo. São capazes de destruir países inteiros, como o Iraque, por exemplo, para se apossar de suas riquezas naturais, no caso, o petróleo. Em outros países como no Brasil, nesse momento em que temos um subserviente aos ditames do imperialismo, não é necessário nada disso, pois podem obter por uma ninharia, quase de graça, nas mãos de Bolsonaro.
Desde janeiro de 2019 até agora já foram abertos 48 processos de entrega dos ativos da Petrobrás, o que corresponde a 2,5 processos por mês, em média, no período.
Segundo Leonardo Urpia, diretor do Sindipetro da Bahia, “o Estado brasileiro está deixando de ter o controle das reservas e também da produção de petróleo e gás, deixando de participar de uma atividade econômica importantíssima e estratégica, abrindo mão de reservas energéticas, que garantem a industrialização e a segurança do país para entregar esse grande patrimônio à inciativa privada, que só visa o lucro, facilitando a exploração predatória. Com isso, perde o país, os estados, municípios e, principalmente, o povo baiano e brasileiro”.
Na Bahia, deu-se início ao sonho de uma nação autossuficiente em energia, com a descoberta e exploração do petróleo na década de 1930.
Aqui estão representados alguns dos setores entregues pelo governo do fascista Bolsonaro e seus pupilos, como o golpista, banqueiro, neoliberal e ministro da economia Paulo Guedes, bem como seu amigo, também um dos Chicago Boys, Roberto Castello Branco já agraciaram os abutres internacionais, que foi referendada pelos juízes do colendo Superior Tribunal Federal (STF), como comando do ministro Luiz Fux, defensor inconteste da farsa da Lava Jato, decidiram dar uma ajudinha para facilitar as coisas, liberando o governo golpista de qualquer licitação, antecipando uma decisão que congresso iria tomar, mas que demoraria um tempo a mais. Veja a lista do que já foi entregue:
Refinaria Landulpho Alves (RLAM) – A primeira refinaria brasileira e a segunda maior em produção;
Transpetro – Terminais terrestres e marítimos de envio e recebimento de petróleo, gás natural e derivados;
Transportadora Associada de Gás – TAG – Subsidiária integral da Petrobrás proprietária dos Dutos e Gasodutos;
Petrobrás Biocombustíveis (PBIO) – Usina produtora de biocombustíveis, responsável pela transição energética para uma matriz mais limpa, menos poluente e renovável;
Termelétricas – Unidades geradoras de energia elétrica, para garantir a segurança energética do parque industrial baiano. Já foram colocadas à venda as UTES a óleo, Arembepe, Bahia 1 e Muricy;
Fábrica de Fertilizantes Nitrogenados (FAFEN) – Foi arrendada para iniciativa privada;
Prédio Administrativo (Torre Pituba) e Universidade Petrobras – Fechados;
Do E&P (Exploração e Produção) Miranga, Água Grande e Candeias também já haviam sido colocadas à venda assim como outras áreas da Petrobras na Bahia;
Além da Petrobrás, também está se preparando para entregar os Correios, Caixa Econômica Federal entre inúmeras outras empresas, ou seja, para o fascista Bolsonaro, para pegar um pedaço do Brasil não precisa nem mais de licitação, é só pegar e levar.
É preciso de uma campanha contra os ataques do governo Bolsonaro ao patrimônio do povo. Para isso é necessário à mobilização de todo o funcionalismo público, das demais organizações operárias e sociais, numa luta conjunta.
Fora o Bolsonaro e todos os golpistas
Eleições gerais com Lula candidato

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas