Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
indigenas oeste parana
|

Da redação – A Advocacia-Geral da União (AGU) moveu uma ação de interdito proibitório para impedir manifestações dos Guarani, no Oeste do Paraná, nas rodovias as rodovias BR-163, BR-272 e BR-487. As informações apresentadas pelo Conselho Indigenista Missionário (CIMI) afeta doze aldeias de Guaíra e Terra Roxa, oeste do Paraná, e foi deferida pelo juiz golpista da 1º Vara Federal de Guaíra, Gustavo Chies Cignachi.

A decisão da justiça é tão absurda que prevê multa fixada contra os indígenas Avá Guarani é de R$ 5.000,00 reais por hora, cobrada de cada indígena que estiver se manifestando, prisão em fragrante por crime de desobediência e que o Conselho Tutelar de Guaíra “recolha as crianças e menores indígenas” que estiverem com os pais na manifestação.

A decisão da justiça golpista a pedido do governo Bolsonaro vem no momento de intensos ataques contra os povos indígenas, e em especial da região do Oeste do Paraná. A região possui intensos conflitos agrárias entre latifundiários e indígenas, e também com a Itaipú Binacional.

Há uma intensa perseguição contra o povo Guarani, onde há processos contra indígenas que cortaram cinco taquaras em uma área indígena tomada pelos militares durante a construção da Usina Hidroelétrica de Itaipú.

Recentemente os golpistas do TRF-4 suspenderam por tempo indeterminado o processo de demarcação da Terra Indígena Tekoha Guasu Guavirá, com 24 mil hectares nos municípios de Altônia, Guaíra e Terra Roxa.

É preciso lutar contra a decisão dos bolsonaristas do governo e do TRF-4 e realizar enormes protestos contra a ditadura dos golpistas.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas