Bolsonaristas da banda Torture Squad agridem militante que gritava Fora Bolsonaro e Liberdade para Lula no Araraquara Rock

torture

O Araraquara Rock foi marcado pela censura dos membros da Torture Squad a um protesto a favor do ex-presidente Lula. O baixista Castor -segundo da esquerda para a direita na foto acima- e o baterista Amílcar Cristófaro -quarto da esquerda para direita na mesma foto- na noite do sábado (04) em apresentação no Teatro Wallace ao público que gritava “Fora Bolsonaro” e “Liberdade para Lula”.

Durante o espetáculo musical, o público começou a gritar “Fora Bolsonaro”, “Liberdade para Lula” e “Ei Bolsonaro, vai tomar no cu”. Os fascistas Castor e Amílcar Cristófaro se colocavam contra a manifestação política no show e fizeram de tudo para cerceá-la. Por isso, tomaram uma enorme vaia e, ao serem chamados de fascistas, bolsonaristas e coxinhas, pararam o show e atiraram uma lata de cerveja no rosto de um militante do Partido da Causa Operária, que estava assistindo ao show e se manifestando em frente ao palco.

Procedendo como verdadeiros direitistas, os bolsonaristas pediram para que a equipe de segurança fosse chamada e começaram a insultar o militante de cima do palco, fazendo gestos ofensivos ao público que se manifestava.

É importante deixar claro que o público exercia a liberdade de expressão e manifestação, o que vem ocorrendo em todos os espaços públicos pelo País. Diante da incapacidade de defender  o governo neoliberal inimigo da população, Amílcar Cristófaro  e Castor, verdadeiros fascistas travestidos de artistas, não titubearam em tentar calar o público com agressões e intimidações.

Os seguranças procuraram silenciar o militante do PCO e colocá-lo para fora da apresentação, de forma a violar o direito de liberdade de expressão e manifestação pública de ideias, o que se insere no quadro da ofensiva da extrema-direita sobre os direitos democráticos da população.

A maioria do público composto por jovens, mulheres, trabalhadores, estudantes universitários, artistas e ativistas antifascistas saiu em defesa do militante agredido pelos bolsonaristas da banda e abandonaram o show.

Abaixo a censura! Pela Liberdade de Expressão!

Fora Bolsonaro e todos os golpistas! Liberdade Para Lula!